Você conhece o Needle Painting ou Ponto Caos?

Se você não resiste em regularmente dar aquela bisbilhotada nas hashtags #bordadolivre e #embroidery, já deve ter visto uma técnica de bordado super preenchida que parece 3d! E aí ficou horas pensando em como aqueles pontos eram feitos, tentando entender por onde passou a linha e qual a ordem das coisas. Muito provavelmente você encontrou uma pintura feita com fios, e se você não conhece ainda, a gente mostra alguns trabalhos de quem é referência na técnica:

Coleção “Woodland Animals” da artista Emiliie Ferris.

Bem, mas aqui na terrinha, temos outra artista muito talentosa que arrasa no needle painting: a querida Ana Wasen, que trabalha aqui com a gente ❤ Muitos de nossos clientes não sabem, mas ela tem trabalhos bordados lindos e foi assim que ela ganhou nosso coração, quando nos trouxe esse aqui de presente:

Trabalho de Ana Wasen com a técnica de Needle Painting.

Apesar de chamarmos de bordado, a Ana diz que não sabe bordar, e explica que o “needle painting” acontece, literalmente, como uma pintura. É necessário combinar as cores para simular textura, criar volumes, estudar luz e sombra. Mas e os pontos do bordado? Bem, nesse caso eles ficam meio de lado, ou seja, é um bordado libertário! E o avesso perfeito? – pergunta básica de toda oficina de bordado. Não, não falaremos sobre isso, porque não tem lugar aqui. Em nossa pesquisa sobre o assunto encontramos o termo “ponto caos” usado diversas vezes pelas queridas do Clube do Bordado quando se referiam ao needle painting, mas nós, aqui no armarinho, chamamos de bordado libertário mesmo.

Mesclagem de pontos nos trabalhos de: Emillie Ferris e Lisa Smirnova.

Ainda segundo a Ana, nessa técnica quanto mais fina a linha usada, maior a quantidade de detalhes no desenho, possibilitando um resultado minucioso. As linhas mais grossas são usadas para simular diversas texturas, como as pinceladas de uma pintura, por exemplo. Existem dois meios de preencher o tecido e obter o resultado de needle-painting: preenchendo por áreas de cores ou mesclando os pontos. Este último é utilizado para ilustrações mais realistas.

Preenchimento de área nos trabalhos da Ana Wasen.

E com todas essas informações, o que nós queremos mesmo saber é se você não ficou com os dedinhos coçando de vontade de desenhar e pintar com a agulha!? Então vem, porque dia 08 de julho – sábado, a Ana vai contar todos os segredos da técnica, na oficina de Needle Painting e você já pode se inscrever aqui!

Gatinho, empolgado com a técnica tentando um auto-retrato!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *